Acompanhe o IESS nas redes sociais:
Notícias
O que representou os custos médico-hospitalares em 2009
06/07/2010

A variação dos custos médico-hospitalares per capita das operadoras de saúde, o VCMH, foi de 12% no período de doze meses terminados em dezembro de 2009 em relação ao mesmo período de 2008. O índice VCMH se manteve no mesmo patamar alcançado em maio, em sequência à crise financeira que se abateu sobre os mercados no final de 2008 e início de 2009.

A variação das despesas tem sido sistematicamente superior à variação do IPCA nos períodos correspondentes. Essa tendência também é observada tanto em países da OCDE quanto nos EUA. A despesa per capita com saúde na sociedade americana, por exemplo, tem crescido sistematicamente acima da inflação de preços a consumidor e acima dos ganhos salariais nos últimos 30 anos.

Entende-se por Custos Médico-Hospitalares o total das despesas assistenciais pagas pelas operadoras de planos e seguros de saúde para os planos individuais. Criado pelo IESS, o VCMH é um índice que mede a variação anual dessas despesas, através de uma média móvel de 12 meses em relação aos dozes meses imediatamente anteriores.

VCMH por grupos de procedimentos médicos

O constante aumento da frequência de utilização dos procedimentos tem sido o principal impulsionador da variação das despesas médico-hospitalares, em especial o crescimento acentuado os grupos Consultas e Terapias em 2008 e início de 2009. Nas Consultas, por exemplo, houve importante reajuste de preços nos três anos (12,0%, 9,0% e 6,1% – todos acima do IPCA correspondente) e a frequência com que os beneficiários realizaram deste procedimento também aumentou, lago em torno de 4% em 2008 e 2009. É importante ressaltar que as consultas tiveram considerável reajuste de preço nos três últimos anos, atualmente R$ 45,00.

O crescimento do VCMH de Terapias decorreu do grande aumento na frequência de realização desse tipo de procedimento, 12,2% em 2008 e 17,6% em 2009, como decorrência das alterações do Rol de Procedimentos em vigência desde abril de 2008, que incluiu, por exemplo, sessões de fonoaudiologia e psicoterapias.

Outro principal componente do VCMH está composto pelas internações. O que elevou a variação deste serviço foram os expressivos aumentos nas frequências de utilização – 11,7% em 2008 e 4,5% em 2009, totalizando mais de 16% de aumento nesses dois anos. Além do que o aumento no preço médio desse serviço foi de 8,1%.

VEJA TAMBÉM
[Ver Todos]