Acompanhe o IESS nas redes sociais:
O Prontuário Eletrônico do Paciente nos EUA
22/09/2017

O estudo “Electronic health records and the frequency of diagnostic test orders” (“Prontuário Eletrônico do Paciente e a frequência de solicitações de exames de diagnóstico”), publicada no 18º Boletim Científico,  analisa a frequência, eficiência e economia no uso do Prontuário Eletrônico do Paciente (PEP) nos Estados Unidos.

De acordo com o estudo, em 2005, foi estimado que o uso do PEP melhoraria a qualidade, a relação custo-eficácia e a eficiência de serviços de saúde, além de economizar cerca de US$ 81 bilhões por ano. Contudo, em 2012, após uma reavaliação, foi constatado que ao invés de diminuir os custos em saúde, houve um aumento de mais de US$ 800 bilhões. 

Com os dados disponíveis em âmbito nacional nos Estados Unidos, foi descoberto que os médicos que detinham acesso ao PEP solicitaram mais testes do que os que não empregavam o sistema, assim como aqueles que usavam ativamente este tipo de prontuário também solicitavam exames mais completos de hemogramas do que os que não usavam, mesmo depois de ajustes para a demografia do paciente, estado de saúde e mix de casos. 

Os profissionais de saúde que utilizavam o PEP solicitavam mais tomografias computadorizadas e raios X, enquanto que a relação do uso de ressonâncias magnéticas não foi significativa. Assim acredita-se que o acesso computadorizado simplifica o processo de solicitar exames levando a uma maior frequência de pedidos. 

Dessa forma, conclui-se que a adoção do PEP, por si só, não é suficiente para produzir os ganhos de eficiência previamente almejados. A melhor eficácia dos sistemas de PEP deve ser buscada na melhora dos processos organizacionais e com a complementação por modelos de cuidados que dão ênfase na qualidade, valor e eficiência dos serviços e exames. Uma outra análise pode apontar, inclusive, que os testes extras possuem efetiva utilidade clínica. 

O artigo mostrou que ainda há uma série de análises e complementos que devem ser estudados para a maior efetividade do PEP. Quer saber sobre o seu emprego no Brasil? Então não deixe de ler nosso post “Transição para prontuário eletrônico está associada a melhora de atendimento dos pacientes”.

O pagamento baseado em valor e a indústria farmacêutica
21/09/2017

A análise “Rewarding results: moving forward on value-based contracting for biopharmaceuticals” (“Resultados eficientes: avançando na contratação baseada em valor para biofarmacêuticos”), publicada no 18º Boletim Científico, examina diversos tipos de contratos e elenca vantagens sobre o pagamento baseado em valor para a indústria farmacêutica. 

O estudo defende que, se forem bem executados, os contratos de compra e utilização de medicamentos baseados em valor podem resultar em melhores cuidados aos pacientes e na redução de gastos. 

Foram analisados diversos tipos de contratos baseados em valor e concluído que essa modalidade está de acordo com o movimento geral no sistema de saúde norte-americano. Estes contratos podem proporcionar melhores oportunidades para medicamentos inovadores de alto custo que possam sofrer influxo no mercado, além de ajudar a orientar biofarmacêuticos em futuras pesquisas, desenvolvimento e inovação.

A pesquisa aponta que, para serem mais sustentáveis, novos modelos de pagamento em saúde deveriam considerar, também, a compra de produtos farmacêuticos. 

Tamanho dos hospitais, custos e resultados clínicos
20/09/2017

A pesquisa “Efficiency and optimal size of hospitals: results of a systematic search” (“Eficiência e tamanho ótimo dos hospitais: resultados de uma pesquisa sistemática”), publicada no 18º Boletim Científico, analisa a relação entre o tamanho dos hospitais, seus custos e resultados clínicos, numa tentativa de determinar o tamanho produtivo ótimo dos hospitais com base em sua eficiência. 

O estudo fez uma revisão sistemática de 45 anos de pesquisas em publicações de revistas cientificas, levando em conta a eficiência de escala e o tamanho ótimo no setor hospitalar para identificar lacunas e propor observações para o futuro.

Os resultados da análise apoiam a política de expansão de hospitais maiores e a restruturação e fechamento de pequenos. A maioria das pesquisas feitas nos Estados Unidos e Reino Unido relata constatações consistentes de economia de escala para hospitais com 200 a 300 leitos. 

Outras questões a se levar em conta na busca por mais eficiência nos hospitais são os eventos adversos e a transparência. Questões que já abordamos aqui no Blog.

Análise identifica características dos beneficiários que mais geram despesas
19/09/2017

Acabamos de divulgar a Análise Especial “Caracterização dos beneficiários de alto custo assistencial - Um estudo de caso”. O trabalho inédito mostra que aproximadamente dois terços (66,5%) dos gastos assistenciais da operadora analisada são consumidos no atendimento de apenas 5% dos beneficiários de um plano de saúde.

O estudo foi feito com base nos gastos de uma operadora de autogestão com 76,1 mil beneficiários em 2015 e aponta alguns fatores para as principais despesas com a assistência neste grupo, como o envelhecimento, a prevalência de doenças crônicas e a frequência de internação de pacientes com multimorbidade. 

Apesar dos números do estudo não corresponderem à totalidade do mercado de saúde suplementar, eles apontam para algumas preocupações necessárias. Falaremos melhor disso, aqui no blog, nos próximos dias. Não perca!

VEJA TAMBÉM
[Ver Todos]

CALENDÁRIO

maio / 2017
  • 31 Seminário: Incorporação de Tecnologias na Saúde Suplementar
março / 2017
  • 07 PIB
fevereiro / 2017
  • 23 Variáveis de ocupação - PNAD contínua
janeiro / 2017
  • 11 Inflação (IPCA)
  • 01 Taxa de juros - Selic
  • 01 Taxa de câmbio
dezembro / 2016
  • 09 Inflação (IPCA)
  • 01 Taxa de juros - Selic
  • 01 Taxa de câmbio
  • 23 Índice de Confiança do Consumidor
  • 06 Celebração de 10 anos de IESS
novembro / 2016
  • 09 Inflação (IPCA)
  • 30 PIB
  • 01 Taxa de juros - Selic
  • 01 Taxa de câmbio
  • 22 Variáveis de ocupação - PNAD contínua
  • 24 Índice de Confiança do Consumidor
outubro / 2016
  • 07 Inflação (IPCA)
  • 01 Taxa de juros - Selic
  • 01 Taxa de câmbio
  • 26 Índice de Confiança do Consumidor
  • 26 Seminário Internacional "Indicadores de qualidade e segurança do paciente na prestação de serviços na saúde"
setembro / 2016
  • 09 Inflação (IPCA)
  • 01 Taxa de juros - Selic
  • 01 Taxa de câmbio
  • 27 Índice de Confiança do Consumidor
  • 27 Seminário "Tecnologia na saúde Suplementar" no Hospital Innovation Show
agosto / 2016
  • 10 Inflação (IPCA)
  • 31 PIB
  • 01 Taxa de juros - Selic
  • 01 Taxa de câmbio
  • 17 Variáveis de ocupação - PNAD contínua
  • 24 Índice de Confiança do Consumidor
  • 31 Seminário Internacional "Novos produtos para saúde suplementar"
julho / 2016
  • 08 Inflação (IPCA)
  • 01 Taxa de juros - Selic
  • 01 Taxa de câmbio
  • 25 Índice de Confiança do Consumidor
junho / 2016
  • 08 Inflação (IPCA)
  • 01 PIB
  • 01 Taxa de juros - Selic
  • 01 Taxa de câmbio
  • 27 Índice de Confiança do Consumidor
maio / 2016
  • 06 Inflação (IPCA)
  • 01 Taxa de juros - Selic
  • 01 Taxa de câmbio
  • 19 Variáveis de ocupação - PNAD contínua
  • 24 Índice de Confiança do Consumidor
  • 06 A cadeia de saúde suplementar: avaliação de falhas de mercado e propostas de políticas
abril / 2016
  • 08 Inflação (IPCA)
  • 26 Índice de Confiança do Consumidor
  • 01 Taxa de juros - Selic
  • 01 Taxa de câmbio
  • 26 Índice de Confiança do Consumidor
março / 2016
  • 29 Índice de Confiança do Consumidor
  • 23 Rendimento Médio Real - PME
  • 27 Índice de Confiança do Consumidor
fevereiro / 2016
  • 22 Índice de Confiança do Consumidor
janeiro / 2016
  • 25 Índice de Confiança do Consumidor
novembro / 2015
  • 12 Cerimônia de premiação do V Prêmio IESS de Produção Científica em Saúde Suplementar
outubro / 2015
  • 20 Seminário Internacional "OPMEs: Análise setorial e adoção de boas práticas"
setembro / 2015
  • 03 Seminário "Efeitos da regulação sobre a saúde suplementar"
maio / 2015
  • 28 Seminário Internacional "Evolução dos custos na Saúde Suplementar"
novembro / 2014
  • 27 Seminário Internacional "A Sustentabilidade da Saúde Suplementar"
outubro / 2014
  • 29 Cerimônia de entrega do IV Prêmio IESS de Produção Científica
novembro / 2013
  • 07 III Prêmio IESS de Produção Científica em Saúde Suplementar
outubro / 2013
  • 15 III Seminário "Promoção de Saúde nas Empresas"
novembro / 2012
  • 27 Seminário Internacional “Projeções do custo do envelhecimento no Brasil”
outubro / 2012
  • 03 II Prêmio IESS de Produção Científica em Saúde Suplementar
  • 17 5° Aniversário do Instituto de Estudos de Saúde Suplementar - IESS
outubro / 2011
  • 17 Prêmio IESS de Produção Científica em Saúde Suplementar

A saúde suplementar traduzida em dados de forma simples e prática

Infográficos didáticos explicam como funciona a saúde suplementar no país

VÍDEOS

Luciano Paladini: Estudos envolvidos na incorporação de tecnologias em saúde"

Debate: Incorporação de tecnologias em saúde com sustentabilidade

João Paulo dos Reis: O rol da ANS é suficiente para garantir o adequado acesso a saúde dos beneficiários de planos de saúde no Brasil?

PODCASTS

DOCUMENTOS

Caracterização dos beneficiários de alto custo assistencial - Um estudo de caso

66,5% dos gastos assistenciais da operadora analisada são consumidos no atendimento de...

Comparação de qualidade de saúde bucal de beneficiários com planos exclusivamente odontológico e não beneficiários no Brasil

Estudo inédito mostra que pessoas sem plano odontológico tendem a ter mais problemas...

Seguro de Saúde Baseado em Valor: conceitos e evidências no sistema de saúde norteamericano

O estudo "Seguro de Saúde Baseado em Valor: conceitos e evidências no sistema de...
RECEBA NOTÍCIAS
Cadastre-se e receba, periodicamente, os estudos e números mais atualizados sobre saúde suplementar
Enviar