Acompanhe o IESS nas redes sociais:
Notícias
Porto Alegre registra maior fidelidade de beneficiário ao plano de saúde em 8 áreas pesquisadas
06/08/2013

Levantamento realizado pelo Datafolha a pedido do IESS indica que 94% dos beneficiários da Região Metropolitana têm intenção de manter os planos atuais

São Paulo, 06 de agosto de 2013 – A região metropolitana de Porto Alegre concentra os beneficiários com maior grau de fidelização aos planos de saúde entre as oito principais regiões metropolitanas do País. De acordo com pesquisa realizada pelo Datafolha a pedido do Instituto de Estudos de Saúde Suplementar (IESS), 94% dos porto-alegrenses informam ter intenção de continuar com seus atuais planos de saúde, enquanto 87% dos entrevistados da capital gaúcha recomendariam seus planos a familiares e amigos. Os resultados de fidelização dos porto-alegrenses estão acima da média nacional. Nas oito regiões metropolitanas pesquisadas, 85% dos entrevistados disseram pretender seguir com seus planos e 71% recomendariam seus planos atuais a terceiros. Os principais resultados da pesquisa estão disponíveis para consulta em www.iess.org.br

Luiz Augusto Carneiro, superintendente-executivo do IESS, destaca que os elevados índices de fidelidade dos entrevistados na Grande Porto Alegre refletem uma percepção positiva dos serviços prestados pelas operadoras de planos de saúde na região. “Certamente, o bom trabalho que está sendo desenvolvido pelas operadoras em Porto Alegre deve servir de exemplo para outras regiões do País”, afirma. “É óbvio que se o beneficiário não quer trocar de plano é porque está satisfeito com os serviços que tem recebido”, analisa.

O Datafolha ouviu, em fevereiro, 3,32 mil pessoas, entre beneficiários e não beneficiários, em oito regiões metropolitanas (São Paulo, Rio de Janeiro, Belo Horizonte, Salvador, Recife, Porto Alegre, Brasília e Manaus). A margem de erro é de dois pontos porcentuais para mais ou para menos.

Carneiro destaca, ainda, que os beneficiários de Porto Alegre avaliam mais positivamente os serviços prestados em comparação à média nacional. Enquanto, nas regiões pesquisadas, o atendimento é avaliado como “bom ou muito bom” para 90% dos beneficiários que realizaram exames, na região metropolitana de Porto Alegre esse índice sobe para 95%. O movimento é seguido na avaliação de consultas e internações. Enquanto, na média nacional, 86% dos beneficiários consideram o atendimento das consultas como “bom ou muito bom”, e, no caso de internação, a avaliação positiva é de 87%, na região metropolitana de Porto Alegre essas taxas são de 95% e 97%, respectivamente.

Ainda conforme o levantamento, 97% dos entrevistados na Grande Porto Alegre “concordam totalmente ou em parte” que “quem conta com plano de saúde tem mais segurança, no caso de doença ou acidente”, mesmo índice de concordância para a afirmação de que o plano “é essencial para quem tem filhos pequenos”, ficando em 94% para a manifestação de que o plano “é essencial”. Dos entrevistados porto-alegrenses, 95% concordam que quem tem plano “é atendido quando precisa”, mesmo índice de concordância de que os planos têm “atendimento de melhor qualidade”.

Objeto de desejo

Nacionalmente, o levantamento constata que, entre aqueles que não possuem plano de saúde, entre os principais motivos para se ter (ou desejar) um plano destacam-se: a qualidade do atendimento dos planos de saúde (47%); a saúde pública é precária e o cidadão não quer depender do SUS (39%); e por segurança, para sentir-se tranquilo em caso de doença (18%) – as respostas eram múltiplas e o entrevistado podia indicar mais de uma razão.

Carneiro enxerga nos resultados um forte indicativo para o crescimento da saúde suplementar no Brasil nos próximos anos. “Menos de 25% da população brasileira contava com esse benefício no fim do ano passado. Os resultados comprovam que os planos são essenciais e o brasileiro valoriza esse benefício”, analisa. Prova disso é, segundo ele, que o levantamento revela que 80% dos entrevistados manifestaram “concordar plenamente” com a afirmação de que “o plano de saúde é essencial”.

Planos odontológicos

A pesquisa identificou ser também elevado, nacionalmente, o grau de fidelização dos beneficiários de planos de saúde e odontológicos: 69% recomendariam o plano para amigos e familiares e 78% pretendem seguir com o serviço atual.

VEJA TAMBÉM
[Ver Todos]

CALENDÁRIO

dezembro / 2018
  • 12 Seminário Decisões na Saúde
outubro / 2018
  • 01 Taxa de juros - Selic
  • 01 Taxa de câmbio
setembro / 2018
  • 01 Taxa de juros - Selic
  • 01 Taxa de câmbio
agosto / 2018
  • 01 Taxa de juros - Selic
  • 01 Taxa de câmbio
  • 15 Seminário Internacional - Qualidade Assistencial e Segurança do Paciente em Serviços de Saúde
julho / 2018
  • 01 Taxa de juros - Selic
  • 01 Taxa de câmbio
junho / 2018
  • 01 Taxa de juros - Selic
  • 01 Taxa de câmbio
maio / 2018
  • 01 Taxa de juros - Selic
  • 01 Taxa de câmbio
abril / 2018
  • 24 Índice de Confiança do Consumidor
  • 01 Taxa de juros - Selic
  • 01 Taxa de câmbio
março / 2018
  • 23 Índice de Confiança do Consumidor
  • 01 PIB
  • 01 Taxa de juros - Selic
  • 01 Taxa de câmbio
  • 23 Variáveis de ocupação - PNAD contínua
fevereiro / 2018
  • 23 Índice de Confiança do Consumidor
  • 01 Taxa de juros - Selic
  • 01 Taxa de câmbio
janeiro / 2018
  • 10 Inflação (IPCA)
  • 25 Índice de Confiança do Consumidor
  • 01 Taxa de juros - Selic
  • 01 Taxa de câmbio
dezembro / 2017
  • 08 Inflação (IPCA)
  • 22 Índice de Confiança do Consumidor
  • 01 PIB
  • 01 Taxa de juros - Selic
  • 01 Taxa de câmbio
  • 07 Seminário Qualidade e Eficiência na Saúde
novembro / 2017
  • 10 Inflação (IPCA)
  • 28 Índice de Confiança do Consumidor
  • 01 Taxa de juros - Selic
  • 01 Taxa de câmbio
  • 17 Variáveis de ocupação - PNAD contínua
outubro / 2017
  • 25 Índice de Confiança do Consumidor
  • 26 Seminário IESS/HIS
maio / 2017
  • 31 Seminário: Incorporação de Tecnologias na Saúde Suplementar
março / 2017
  • 07 PIB
fevereiro / 2017
  • 23 Variáveis de ocupação - PNAD contínua
janeiro / 2017
  • 11 Inflação (IPCA)
  • 01 Taxa de juros - Selic
  • 01 Taxa de câmbio
dezembro / 2016
  • 09 Inflação (IPCA)
  • 01 Taxa de juros - Selic
  • 01 Taxa de câmbio
  • 23 Índice de Confiança do Consumidor
  • 06 Celebração de 10 anos de IESS
novembro / 2016
  • 09 Inflação (IPCA)
  • 30 PIB
  • 01 Taxa de juros - Selic
  • 01 Taxa de câmbio
  • 22 Variáveis de ocupação - PNAD contínua
  • 24 Índice de Confiança do Consumidor
outubro / 2016
  • 07 Inflação (IPCA)
  • 01 Taxa de juros - Selic
  • 01 Taxa de câmbio
  • 26 Índice de Confiança do Consumidor
  • 26 Seminário Internacional "Indicadores de qualidade e segurança do paciente na prestação de serviços na saúde"
setembro / 2016
  • 09 Inflação (IPCA)
  • 01 Taxa de juros - Selic
  • 01 Taxa de câmbio
  • 27 Índice de Confiança do Consumidor
  • 27 Seminário "Tecnologia na saúde Suplementar" no Hospital Innovation Show
agosto / 2016
  • 10 Inflação (IPCA)
  • 31 PIB
  • 01 Taxa de juros - Selic
  • 01 Taxa de câmbio
  • 17 Variáveis de ocupação - PNAD contínua
  • 24 Índice de Confiança do Consumidor
  • 31 Seminário Internacional "Novos produtos para saúde suplementar"
julho / 2016
  • 08 Inflação (IPCA)
  • 01 Taxa de juros - Selic
  • 01 Taxa de câmbio
  • 25 Índice de Confiança do Consumidor
junho / 2016
  • 08 Inflação (IPCA)
  • 01 PIB
  • 01 Taxa de juros - Selic
  • 01 Taxa de câmbio
  • 27 Índice de Confiança do Consumidor
maio / 2016
  • 06 Inflação (IPCA)
  • 01 Taxa de juros - Selic
  • 01 Taxa de câmbio
  • 19 Variáveis de ocupação - PNAD contínua
  • 24 Índice de Confiança do Consumidor
  • 06 A cadeia de saúde suplementar: avaliação de falhas de mercado e propostas de políticas
abril / 2016
  • 08 Inflação (IPCA)
  • 26 Índice de Confiança do Consumidor
  • 01 Taxa de juros - Selic
  • 01 Taxa de câmbio
  • 26 Índice de Confiança do Consumidor
março / 2016
  • 29 Índice de Confiança do Consumidor
  • 23 Rendimento Médio Real - PME
  • 27 Índice de Confiança do Consumidor
fevereiro / 2016
  • 22 Índice de Confiança do Consumidor
janeiro / 2016
  • 25 Índice de Confiança do Consumidor
novembro / 2015
  • 12 Cerimônia de premiação do V Prêmio IESS de Produção Científica em Saúde Suplementar
outubro / 2015
  • 20 Seminário Internacional "OPMEs: Análise setorial e adoção de boas práticas"
setembro / 2015
  • 03 Seminário "Efeitos da regulação sobre a saúde suplementar"
maio / 2015
  • 28 Seminário Internacional "Evolução dos custos na Saúde Suplementar"
novembro / 2014
  • 27 Seminário Internacional "A Sustentabilidade da Saúde Suplementar"
outubro / 2014
  • 29 Cerimônia de entrega do IV Prêmio IESS de Produção Científica
novembro / 2013
  • 07 III Prêmio IESS de Produção Científica em Saúde Suplementar
outubro / 2013
  • 15 III Seminário "Promoção de Saúde nas Empresas"
novembro / 2012
  • 27 Seminário Internacional “Projeções do custo do envelhecimento no Brasil”
outubro / 2012
  • 03 II Prêmio IESS de Produção Científica em Saúde Suplementar
  • 17 5° Aniversário do Instituto de Estudos de Saúde Suplementar - IESS
outubro / 2011
  • 17 Prêmio IESS de Produção Científica em Saúde Suplementar

A saúde suplementar traduzida em dados de forma simples e prática

Infográficos didáticos explicam como funciona a saúde suplementar no país

VÍDEOS

Descubra o IESSdata

Cuidados paliativos e dignidade humana na era da máxima tecnologia na saúde

O papel do Núcleo de Apoio Técnico na tomada de decisões do Poder Judiciário em controvérsias do setor de saúde

PODCASTS

DOCUMENTOS

Sumário executivo da análise especial do mapa assistencial da saúde suplementar no Brasil - ano: 2018

Em 2018, os beneficiários de planos de saúde médico-hospitalares...

Anais do VIII Prêmio IESS de Produção Científica em Saúde Suplementar

Pôsteres de trabalhos acadêmicos apresentados durante a cerimônia de entrega do...

A Telemedicina traz benefícios ao sistema de saúde?

José Cechin, superintendente executivo do IESS, apresentou os resultados do TD 74...
RECEBA NOTÍCIAS
Cadastre-se e receba, periodicamente, os estudos e números mais atualizados sobre saúde suplementar
Enviar