Sorry, you need to enable JavaScript to visit this website.

Saldo positivo de empregos formais no Norte do País impulsiona contratação de planos de saúde na região

NAB

Saldo positivo de empregos formais no Norte do País impulsiona contratação de planos de saúde na região

Abril 2022
Salvar aos favoritos Compartilhar

Assistência médico-hospitalar por contratação coletiva empresarial alcançou 33,7 milhões de beneficiários em dezembro de 2021


O saldo positivo de empregos formais no Brasil em 2021 ajudou a puxar o número recorde (33,7 milhões) de planos médico-hospitalares coletivos empresariais, de acordo com a Nota de Acompanhamento de Beneficiários (NAB) nº 66, do Instituto de Estudos de Saúde Suplementar (IESS). Dados do Caged, disponibilizados pela NAB 66, mostram que, em 2021, na região Norte do País, o saldo de empregos formais foi de 8,62% – a maior variação relativa – e acima da média nacional (7,08%). O resultado foi impulsionado pelo saldo positivo nos estados do Acre (9,81%), Pará (9,42%) e Roraima (8,77%). Nas demais regiões do Brasil, as variações foram: Centro-Oeste (8,07%), Nordeste (7,58%), Sudeste (6,80%) e Sul (6,61%).

Entre dezembro de 2020 e dezembro de 2021, o Brasil teve saldo positivo de 2,7 milhões de empregos formais. Já na análise do mês de dezembro do ano passado, o número de vínculos de planos coletivos empresariais (33,7 milhões) representava cerca de 82% do estoque de empregos formais (41,3 milhões). Isso confirma a tendência de que a quantidade de beneficiários de vínculos coletivos empresariais acompanha o número de trabalhadores formais. O resultado em dezembro de 2021 também representa que quase 7 em cada 10 beneficiários (69%) tem um plano médico-hospitalar coletivo empresarial – marca que corresponde ao maior número desde o início da série histórica, em 2000, disponibilizada pela Agência Nacional de Saúde Suplementar (ANS).

Os setores de serviços, comércio e indústria, historicamente, são os que mais ofertam planos de saúde aos colaboradores. Esses segmentos, inclusive, foram os que apresentaram maior saldo de empregos no acumulado entre dezembro de 2020 e dezembro de 2021: 1,2 milhão, 644 mil e 475 mil, respectivamente, seguido das áreas da construção (245 mil) e agropecuária (141 mil).

“Há um aumento gradual da confiança neste momento de recuperação do emprego e maior confiança também por parte dos empregadores. A variação positiva no saldo de empregos formais em 2021, indica uma possibilidade de crescimento no número de beneficiários de planos médico-hospitalares nos próximos meses, em especial dos contratos coletivos empresariais”, afirma José Cechin, superintendente executivo do IESS.

Veja a íntegra da NAB 66 aqui.

 

Sobre o IESS

O Instituto de Estudos de Saúde Suplementar (IESS) é uma entidade sem fins lucrativos com o objetivo de promover e realizar estudos sobre saúde suplementar baseados em aspectos conceituais e técnicos que colaboram para a implementação de políticas e para a introdução de melhores práticas. O Instituto busca preparar o Brasil para enfrentar os desafios do financiamento à saúde, como também para aproveitar as imensas oportunidades e avanços no setor em benefício de todos que colaboram com a promoção da saúde e de todos os cidadãos. O IESS é uma referência nacional em estudos de saúde suplementar pela excelência técnica e independência, pela produção de estatísticas, propostas de políticas e a promoção de debates que levem à sustentabilidade da saúde suplementar.

Confira os destaques da NAB 66

  • Saldo de empregos formais: região Norte registrou variação relativa de 8,62% em 2021 – acima da média nacional (7,08%);
  • O resultado do emprego foi impulsionado pelo saldo positivo nos Estados do Acre (9,81%), Pará (9,42%) e Roraima (8,77%);
  • NAB 66: 33,7 milhões de beneficiários: recorde de vínculos de planos médico-hospitalares coletivos empresariais em dezembro de 2021;
  • NAB 66: 7 em cada 10 brasileiros contam com um plano coletivo empresarial de assistência médico-hospitalar.

Mais informações

LetraCerta Inteligência em Comunicação

Vinícius Silva – [email protected]

(11) 94753-8787

Emerson Oliveira – [email protected]

(11) 98231-8002

Thiago Rufino – [email protected]

(11) 98770-0893

Jander Ramon – [email protected]

(11) 3812-6956

Este conteúdo foi útil?